RevsNet

From the halls of Foxboro Stadium…

RESULTADO QUE AGRADOU AS DUAS EQUIPAS

Posted by tonybiscaia on May 17, 2009

By Walter Silva

Foi um resultado que agradou ás duas equipas, mas tambem não mereçiam mais, é que nenhuma das duas equipas merecia os trez pontos em disputa.

Um ponto para cada uma já foi bom, porque o futebol praticado não foi do melhor que temos visto, embora as duas equipas se tenham entragado ao jogo com muito empenho.
Revs - Rapids  Photo by Walter Silva

Mas só isto não basta, terão de jogar muito melhor, porque jã vi estas duas equipas fazeram muito melhor do que fizeram neste jogo disputado no passado sabado á noite.

Mas tambem é verdade que quando se quer bons espétáculos tem de haver bons artistas, coisa rara no plantel do NE Revolution, neste jogo a equipa comandada por Steve Nicol já esteve um pouco melhor.

Já com Steve Ralston no onze iniçial, a equipa consegue segurar a bola mais tempo, é que agora o Revolution vai perdendo no meio campo porque o seu melhor estratega passou a jogar a ponta de lança.

Estamos a falar de Shalrie Joseph, que já na passada semana começou a ponta de lança, mas acabou o jogo no seu lugar habitual, mas nesta partida jogou os 97 minutos num lugar que está longe de ser o seu.

Mas como quem manda manda e Joseph la vai fazendo o melhor possivel, é que neste jogo o Revolution não apresentou um avançado centro de raiz.

Quanto á equipa que viajou de Colorado tambem ainda não apresentou um futebol muito vistojo, com alguns internaçionais no seu onze iniçial era para fazeram mais e melhor.

E até começou muito bem a equipa do Colorado Rapids, que logo aos 3 minuto inaugorou o marcador, cruzamento da esquerda de Jordan Harvey, e Conor Casey a elevar-se mais alto do que todos os defesas do Revolution e a rematar de cabeça para o fundo das redes á guarda de Brad Knighton.

O Revolution abalou um pouco com este golo sofrido quando ainda muitos dos seu jogadores ainda nem tinham tocado na bola, mas aos poucos a equipa foi empurrando os Rapids mais para o meu campo.

Pouco depois Steve Ralston foi rasteirado dentro da area de rigor e o árbitro foi perentório a apontar a marca da grande penalidade, na transformação o capitão Steve Ralston empatou a partida.

A partir dai o jogo passou a ser mais de luta, é que nenhuma das equipas estavam interessadas a perder o jogo, embora fosse o Colorado Rapids a criar mais oportunidades de golo. Mas a equipa da casa ia resolvendo com maior ou menor dificuldades as situações de perigo que que o seu adversário lhe ia criando.
Resultado que se ajusta pelo que se passou durante os 97 minutos de jogo, um ponto que servi muito bem aos dois conjuntos, talvez melhor oa Colorado porque jogou fora de casa.

O empate continua a castigar a equipa do Revolution, porque ainda não encontrou a sua melhor forma, e tambem tem de se dizer, que estão de fora jogadores, como Taylor Twellman, Cris Albright, Gabriel Badilla, Mauriçio Castro, numa equipa aonde não abundam muitos jogadores de qualidade, vão fazendo muita falta.

No próximo sábado, e pelas 4 horas da tarde o Revolution vai deslocar-se até a cidade de Toronto, para defrontar o Toronto FC, e poderá ver sete jogo na canal de televisão WSBK tv 38

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: