RevsNet

From the halls of Foxboro Stadium…

MUITOS GOLOS, POUCO FUTEBOL

Posted by tonybiscaia on June 8, 2009

Heaps 300
By Walter Silva

Muito golos , mas o futebol jogado não foi tão bom como o resultado indica, no lado da equipa da casa já esteve muito melhor do que as ultimas duas partidas.

Tudo indica que com estas duas vitórias as coisa começam e ficar melhor, e com alguns jogadores que esteveram sem jogar algum tempo, como é o caso de Taylor Twellman, a equipa já está a ficar mais composta.

Ė que Taylor Twellman mesmo só jogando 45 minutos é um quebra cabeças para as defesas contrárias, e jogando só na segunda metade ainda teve tempo para marcar dois dos quatro golos do Revolution. Foi uma primeira parte um pouco apatica, com o jogo a ser jogado muito a meio campo, com poucas oportunidades de golo para ambos os conjuntos.

Valeu talvez pelo futebol vistoso do jogador do NY Red Bulls, Albert Celades, que com os seus passes de longa e media distançia dei para perçeber que é um jogador acima da media, mas não tem quem o acompanhe.

E o primeiro golo do jogo foi marcado por Jay Heaps, que fez hoje o seu jogo numero 300, e teve um bonito premio a marcação do primeiro golo do jogo, cruzamento de Shalrie Joseph e Jay Heaps á boca da baliza foi só empurrar para o fundo da baliza á guarda de Jon Conway.

Eram então decorridos 46 minutos de jogo, pouco depois o árbitro mandou toda a gente para os balneários, era um resultado lisonjeiro para a equipa da casa, porque os visitantes pouco fizeram, é verdade, mas não meriçiam ir para o intervalo a perder.

No segundo tempo tudo foi diferento, com a entrada de Taylor Twellman para o ataque e a subida de Shalrie Joseph para o meio campo o Revolution começou a dominar mais no meio campo.

E trouxe resultados esta alteração no xadrez para a equipa da casa, e logo aos 52 minutos Jay Heaps consegue ganhar uma bola mesmo em çima da linha de fundo cruza para a area e Steve Ralston a cabeçear para o fundo da baliza á guarda de Jon Conway.

Com muitas culpas para o defesa dos Red Bulls, Jeremy Hall que teve muito tempo para por a bola para fora, mas preferio tentar passar por Jay Heaps, e este erro foi pago bem caro, a estas horas o treinador dos Red Bull Juan Carlos Osorio jã lhe dei um bom puxão de orelhas, e bem mereçidas.

Pouco depois veio o terçeiro golo, este com direito a comemoração, pois foi nada menos do que o golo numero 100 do ponta de lança do Revolution, Taylor Twellman.

Shalrie Joseph reçebeu um passe de Nyassi, este cruza para o coração da area e Taylor Twellman a elevar-se mais alto do que todos os defesas e a mandar a bola para o fundo da baliza.

Taylor Twellman e o mais jovem jogador a conseguir tal feito, a bonita conta de 100 golos, não é para qualquer um, somento cinco jogadores do MLS o conseguiram fazer.

Mas o goleador-mor não ia ficar por aqui, é que Twellman ja andava á procura deste golo á muito tempo, e volvidos 7 minutos Twellman voltou a fazer golo, desta feita Steve Ralston meteu a bola em Taylor Twellman este rematou forte e colocado fora do alcançe de Jon Conway.

Estava feito o resultado do jogo, mas este resultado não quer dizer que o Revolution teve assim tão superior á equipa do Red Bulls, teve a sorte do jogo, mas já vimos a equipa dos Red Bulls fazer muito melhor.

Algo se passa com o treinador Juan Carlos Osorio, numa pequena entrevista com um ex jogador do Revolution, Khano Smith dei para entender que as coisas no balneário não são as melhores relações entre jogadores e treinador.

No próximo sabado o Revolution defronta o KC Wizards pelas 8.30 da noite e poderá ver este jogo no canal de televisão WSBK TV 38.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: