RevsNet

From the halls of Foxboro Stadium…

FORA DE CASA É UM DESASTRE

Posted by tonybiscaia on September 13, 2010

By Walter Silva

Esta equipa do Revolution fora de portas é mesmo um desastre, depois de uma boa exibição e uma vitória na semana passada frente a uma boa equipa, nada fazia prever esta derrota.

Frente a uma equipa á prior a mais fraca, não se esperava um resultado destes, está bem que alguns dos titulares não puderam alinhar nesta partida, tal como um dos melhores jogadores desta equipa do Revolution, Marko Perovic.

Mas ó isto não basta para uma exibição tão mediocre, para não dizer péssima, é que esta equipa está a fazer a pior época de sempre desde que Steve Nicol pegou no leme deste “naufragado barco”.

E com este resultado os play offs estão cada vez mais longe, e será a primeira época que Steve Nicol não leva o Revolution as finais do MLS. E são nada menos do que seis as equipas que o Revolution terá de ultrapassar para chegar aos play offs, para além destas equipas teram de perder o Revolution terá de ganhar os seus jogos, coisa que será cause impossivél.

É que nem o capitão desta equipa Shalrie Joseph se salvou, até pareçe que já nem sabe jogar bem como o fazia em todos os jogos, é verdade que os seus colegas estão a uma distançia muito grande da qualidade de jogador que é o capitão do Revolution, mas á um ditado antigo que diz, diz me com que tu andas, que te digo quem tu és.

Para bem entendido meia palavra basta, porque dá pena ver dois jogadores desta equipa a jogar no Revolution, Shalrie Joseph e Marko Perovic, são de longe os dois melhores jogadores deste Revolution, e mereçiam melhor companhia. Dois golos nos primeiros 45 minutos foi quanto bastou para o Chivas levar de vençida esta equipa comandada por Steve Nicol, e com esta vitória a equipa da California passou para a frente do Revolution na corrida aos play offs.

E não foi preçiso esperar muito tempo pelo primeiro golo do jogo, foram só preçisos seis minutos para que a equipa da casa chega-se ao primeiro golo do jogo, quando Justin Braun reçebeu um passe do seu colega Alan Gordon e fez um “chapéu” de abas largas a Matt Reis, que ficou muito mal na fotografia. Alan Gordon seria o homen do jogo com dois passes monomentais para outros tantos golos, e aos 36 minutos o Chivas USA aumentava a contagem, Alan Gordon com um exçelente passe mete a bola em Paulo Nagamura este encheu o pé e fez um golo de bandeira.

Estava feito o resultado do jogo, no segundo tempo a equipa da casa geri o resultado controlando sempre o jogo, e esteve mais perto de fazer o terçeiro golo do que o Revolution fazer o golo de honra.

É que práticamento o Revolution não incomodou o guarda reds Zack Thorton, que foi um mero espectador cause todo o jogo, foi um resultado justo, porque o Chivas foi sempre melhor equipa em campo e fez pela vida, enquanto o Revolution pouco ou nada fez para vençer este jogo.

No próximo Sábado o Revolution defronta o Colorado Rapids em Colorado pelas 9 horas locais, e poderá ver este jogo no canal de televisão Comcast Soccer Net.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: