RevsNet

From the halls of Foxboro Stadium…

FORAM TREZ E PODIA TER SIDO MAIS

Posted by tonybiscaia on September 20, 2010

By Walter Silva

A jogar desta maneira é impossivél ganhar qualquer jogo, muito menos contra equipa que tem talento e jogadores de melhor qualidade .

E foi com alguma sorte que o Revolution sai de Denver com uma derrota de trez a zero, porque só nos primeiros 30 minutos o Rapids podia ter chegado a uma goleada histórica, não fosse a pouca eficáçia dos avançados da equipa da casa. Na primeira metade foi a pouca eficáçia dos avançados do Rapids, na segunda metade foi o veterano guarda redes Matt Reis que fez um punhado de exçelentes defesas evitando uma pessada derrota da sua equipa.

E começou çedo a procura do golo por parte da equipa da casa, que logo na primeira jogada do jogo podia ter feito funçionar o marcador, não fosse a pouca pontaria do ponta de lança Omar Cummings.

E aos 5 minutos de jogo a equipa da casa fazia funçionar o marcador, jogada de entendimento do ataque da equipa do Rapids com Omar Cummings a rematar fora do alcançe do guarda redes do Revolution.

Para poucos minutos depois foi a vez do veterano ponta de lança Conor Casey isolado e só com Matt Reis pela frente fazer o impossivel, rematar ao lado da baliza quando estava em çima do risco da area do guarda redes.

E por volta dos 15 minutos de jogo de novo Conor Casey, a uma fifia tremenda de Emmanuel Osei rematou forte e colocado mas açertou no poste da baliza á guarda de Matt Reis.

E nesta altúra do jogo só dava mesmo era Colorado Rapids, e Revolution defendia como podia e cause que não atacava, com o central Emmanuel Osei muito nervoso e a cometer erros atráz de erros.

Até pareçe que Emmanuel Osei não sabe jogar sem ter a seu lado Darrius Barnes, que por acaso estava no banco e não comprendemos como se deixa Darrius Barnes no banco para preferir Cory Gibbs, este jogador é lento demais e muito faltoso, e nunca se entendeu com Emmanuel Osei .

E aos 35 minuto a equipa da casa “matou” o jogo, se já era difiçil com 1-0 com 2-0 o jogo ficaria sentençiado, porque a equipa do Revolution práticamento não passava do meio campo, mas dizia que numa exçelente triangulação entre Omar Cummings, Jamie Smith, com este a meter em Conor Casey e este a rematar colocado e a fazer o segundo golo da sua equipa. E chegariamos ao intervalo sem que o Revolution fizesse um remate á baliza do Colorado Rapids, muito mal esta equipa, que pouco ou nada fez para chegar perto da baliza adversária.

E com algumas alterações operadas no xadrez do Revolution para esta segunda metada, e as entradas de Kenny Manssaly e Jason Griffiths o Revolution até dei um ar da sua graça, com uma jogada rápida com Manssaly a meter em Marko Perovic, este a rematar forte para uma defesa a dois tempos do guarda redes da equipa da casa.

Mas foi sol de pouca dura, e aos poucos o Revolution voltava a ser a equipa dos primeiros 45 minutos, isto é uma equipa apática, sem solucões ofensivas, e em todos os seu sectores não havia ligação.

E com a vantagem de dois golos o Colorado Rapids ai controlando o jogo a seu belo prazer, e ainda teve o mérito de chegar ao trez a zero por intermédio do um ex jogador do Revolution, Wells Thompson. Mas ainda antes de chegar ao terçeiro golo esta equipa do Colorada teve umas quarto ou cinco boas ocasiões de golo, para outras tantas boas intervenções do veterano guarda redes Matt Reis.

E aos 83 minutos o Colorado Rapids acabou com o jogo boa jogada do ataque da equipa da casa e com Macoumba Kandi a meter em Wells Thompson com este a disviar da frente Emmanuel Osei e Cory Gibbs e a rematar para o fundo da baliza de Matt Reis.

Estava feito o resultado do jogo, e com muito mérito da equipa da casa que foi sempre melhor do que a equipa do que a comandada por Steve Nicol que nunca teve orgumentos para contrariar o bom futebol praticado pela equipa da casa. Agora os play offs viraram uma miragem, só um milagre é que esta fraca equipa do Revolution chegaria á competição que lhe daria o direito de disputar o tão almejado troféu.

E é já esta quarta feira que o Revolution vai defrontar o FC Dallas, pela 8.30 da noite, e no próximo sabado pelas 7.30 da noite o Revolution reçebe a visita do Columbus Crew e poderão ver estes dois jogos no canal de televisão Comcast Soccer Net.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: