RevsNet

From the halls of Foxboro Stadium…

EQUIPA DA CASA DEIXA VISITANTES FORA DOS PLAYOFFS

Posted by tonybiscaia on October 18, 2010

By Walter Silva

O Revolution fez deste jogo uma final, deixar o KC Wizards fora dos playoffs era o desafio que tinham pela frente, este jogo apenas servia para cumprir calendário para as hostes da equipa comandada por Steve Nicol.

E tambem servia para algums jogadores do Revolution mostraram service para poderem voltar na proxima temporada, mas por parte dos visitantes este jogo era de vital importançia.

Uma derrota e era o adeus aos playoffs desta temporada, por isso a equipa visitante jogava tudo neste jogo para poder sonhar com a ida aos playoffs. E até entraram melhor no jogo , controlando bem o meio capo, num 4x4x2 bastante elastico, com os dois laterais a subiram no terreno e a criaram bastastas dificuldades ao ultimo reduto do Revolution.

Aos poucos o Revolution foi sacundindo a pressão iniçial dos forasteiros, e a partir dos 15 minutos o Revolution começou a tomar conta do jogo, com o capitão Shalrie Joseph em grande plano.

Este jogo foi talvez o mais bem conseguido de toda a temporada, talvez porque já não existia a pressão de ter que vençer o jogo para chegar aos playoffs, os jogadores do Revolution como que se libertaram de um peso que os impediam de jogar o futebol que puseram em campo nesta partida.

E foi por volta dos 31 minutos de jogo que o Revolution chegaria ao golo que lhe ia dar os trez pontos em disputa, Chris Tierney meteu a bola para Shalrie Joseph este á saida do guarda redes tocou a bola de cabeça por çima deste e depois com a baliza toda escancarada foi só empurrar para o fundo da baliza.

Estava feito o único golo do jogo, e para o Revolution, com este golo a equipa da casa ai averbar os trez pontos em disputa, e fizeram por isso, porque depois deste golo sofrido os visitantes nunca mais se encontraram.

O KC Wizards passou a ser uma equipa algo nervosa, e a falhar muitos passes e nunca chegaram a imcomodar o jovem guarda redes do Revolution, que nos primeiros 45 minuto pouco ou nada teve de fazer.

No segundo tempo foi um retrato do que tinha sido a primeira metade, o Revolution a dar uma boa lição de futebol ao KC Wizards, que pareçia que veio para o segundo tempo ainda mais confuso, e não conseguiam fazer trez passes consecutivos.

Por sua vez os rapazes de Steve Nicol trocavam a bola em todo o terreno,e estiveram mais perto do segundo golo do que os visitantes do golo da igualdade, mas num contra ataque os rapazes do KC Wizards reclamaram uma grande penalidade.

Quando Craig Rocastle lançou Kamara este consegui passar por Seth Sinovic, este com a mão esquerda puxou a camisola do jogador visitante atirando com ele para o relvado, peranto o espanto de todos,o árbitro Jair Marufo mandou jogar. O Revolution por aquilo que fez durante cause todo o jogo mereçeu os trez pontos em disputa, a derrota foi um castigo para a equipa visitante que foi sempre uma equipa nervosa, a acusar muito a pressão de ter de vençer o jogo.

E é já esta quinta feira que o Revolution faz o seu ultimo jogo do campeonato jogando no terreno dos Red Bulls em Nova Yorke, e poderá ver este jogo no ESPN2 pelas 7.30 da noite.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: