RevsNet

From the halls of Foxboro Stadium…

EMPATE COM SABOR A VITÓRIA

Posted by tonybiscaia on March 21, 2011

By Walter Silva

Debaixo de uma tempestade intensa o Revolution dei o pontapé de saida na época 2011 em Los Angels, frente á equipa do La Galaxy, de Landon Donovan e David Beckham.

Começou melhor a equipa da casa que teve em toda a primeira metade as melhores oportunidades de todo o jogo, enquanto que na segunda metade foi cause toda ela jogada no meio campo do Revolution, mas sem criar oportunidades flagrantes de golo.

Mas foi no primeiro e único remate que o Revolution efetou fez o seu golo, bola metida na are por Marko Perovic e Shalrie Joseph a chegar primeiro do que o defesa da casa e a cabeçear para o fundo da baliza.

Decorridos que estavam 3 minutos de jogo, mas a partir do golo sou dei LA Galaxy, e foram bem poucas as vezes que o Revolution conseguia chegar perto da baliza adversária. E eram decorridos 11 minutos de jogo quando David Beckham começou a dar trabalho ao veterano guarda redes Matt Reis, com um remate cruzado que o guarda redes do Revolution defendeu para canto.

Aos 13 minutos cruzamento de Beckham e Landon Donovan de cabeça obriga Matt Reis a nova defesa. E aos 16 minutos de jogo golo mal anulado á equipa da casa, livre apontado por David Beckham, com a bola ir direitinha ás mãos de Matt Reis e esta a largar a bola e Barret a rematar para o fundo da baliza, mas o árbitro a mandar marcar falta sobre o guarda redes do Revolution.

Foi o maior erro do árbitro e o único em todo o jogo, mas um erro que veio a ter influençia no resultado final, pena porque do resto da partida nada á a apontar ao juiz e seus pares. E aos 21 minutos do jogo o Revolution ai perder o seu melhor jogador, Marko Perovic teve de sair magoado, para o seu lugar entrou Kenny Manssaly, que deu conta do recado. Logo de seguida Barret apareçeu isolado frente a Matt Reis rematou mas á figura de Matt Reis.

Mas água mole em pedra dura tanto bate que até que fura, e furou mesmo, o central luso americano AJ Soares aliviou a bola para a entrada da area e a bola foi parar aos pés do brasileiro Juninho, este encheu o pé direito e a bola só parou no fundo da baliza á guarda de Matt Reis. Estava feita justiça no resultado, porque era a equipa da casa que atacava constantemento e o Revolution não passava do meio campo, e ia defendendo como podia.

E com o resultado empatado a um golo chegariamos ao intervalo, resultado lisonjeiro para a equipa comandada por Steve Nicol, mas tambem por um erro grosseiro do árbitro do encontro é que o La Galaxy não levou vantagem de um golo para o descanso.

No segundo tempo foi todo ele jogado no meio campo, muita luta e pouco futebol, e foi o Revolution a ter a melhor oportunidade de golo, quando Shalrie Joseph se isolou e rematou ao poste da baliza de Sounders. Mas foi a equipa da casa que dominou toda a segunda parte, com o Revolution num 4x5x1, ia dando para as enconmendas, e que práticamento obdicou de atacar, era melhor um ponto na mão do que 3 a fugir.

Defender faz parte do jogo, mas o Revolution bem pode agradeçer a S Pedro port tanta chuva que cai toda a partida, e é sempre mais façil defender do que atacar.

O Revolution estreou trez novos jogadores, dois deles vindos do colégio, McCarthy foi um mouro de trabalho correu que se fartou, e não desapontou, quanto ao luso americano AJ Soares cometeu um erro que deu o golo da equipa da casa, e custou á sua equipa dois pontos, não fosse isso tinha tido uma estreia para recordar, mas oxalá que ele aprende-se com este erro, porque cabedal tem ele para a sua posição.

Quanto ao argentino Coria teve simplemento impecavél, muito çerto no desarme, e muito prático a jogar façil quando era de jogar, e forte e feio quando foi preçiso, com o tempo da quela maneira era impossivel fazer melhor.

Quanto á equipa da casa dei tudo nos primeiros 45 minutos, na segunda metade dominou a partida mas nunca incomodou a baliza de Matt Reis, quanto a nós a entrada tardia do ponta de lança Angel custou á equipa da casa dois pontos. O estado do terreno não ajudou jogadores como Landon Donavan, David Beckham, e mesmo o ponta de lança Angel, é que esta equipa num terreno em melhores condições vai dar cartas a praticár futebol.

E é já no próximo sabado pelas 4.30 da tarde que o Revolution reçebe no seu estádio o DC United, poderá ver este jogo Comcast Soccer Net.
WMS

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: