RevsNet

From the halls of Foxboro Stadium…

Qualquer Uma Das Equipas Podia Ter Ganho

Posted by tonybiscaia on June 20, 2011

By Walter Silva

Foram tantas as oportunidades de golos, que qualquer uma das equipas podia ter ganho o jogo, ou até o empate se açeite, mas por numeros mais elevados.

Um empate a trez ou a quarto trazia mais justiça ao jogo, como o golo é a festa do jogo quanto mais golos melhor a festa.

Mas muitas foram as vezes que os dois guarda redes iam negando o golo aos respetivos avançados, por outra foram os avançados que não açertavam com a baliza.
Este Revolution foi talvez o melhor desta tão fraca época, soube jogar pelos flancos, usando a rapidez do africano Sainey Nyassi, que fez uns quantos cruzamentos, mas que foram mal aproveitados.

E o Revolution começou çedo á procura do golo, e aos 9 minutos a equipa da casa dei o primeiro sinal de perigo, Shalrie Joseph mete a bola em Kenny Manssaly este por sua vez mete na direita em Sainey Nyassi e este remata forte para boa defesa do guarda redes Sean Johnson.

Mas logo de seguida os forasteiros responderam, numa jogada de puro contra ataque,com Diego Chavez a isolar Patrick Nyarko este a rematar para boa defesa de Matt Reis para canto.

Aos 21 minutos de jogo mais uma boa jogada por parte da equipa da casa, Shalrie Joseph a meter na direita em Sainey Nyassi este a cruzar para Rajko Lekic a rematar forte com o guarda redes do Chicago Fire a defender por instinto para canto.

O jogo estava a ser bem disputado por ambos os conjuntos, e as oportunidades aim apareçendo, esperava-se um golo a qualquer momento. E aos 22 minutos de jogo Sainey Nyassi apareçeu isolado, apos um passe de Pat Phelan, este entrou na area tentou colocar a bola fora do alcançe do guarda redes mas Sean Jonhson adivinhou a lado do remate e fez uma exçelente defesa.

Poucos minutos depois foi a vez de Kevin Alston entrar pela direita cruzar para a area e Rajko Lekic a amorteçer de cabeça para Kenny Massaly rematar para boa defesa do guarda redes do Chicago Fire. Eram os forasteiros que melhor trocavam a bola, mas a equipa da casa era mais eficaz a chegava á baliza mais rápido.

Mas aos 30 minutos de jogo os visitantes cause marcavam, numa jogada rápida, com Logan Pause a meter a bola em Patrick Nazarit este remata forte para exçelente defesa de Matt Reis para canto. Foi um aviso do que poderia vir, e na jogada seguinte, e contra a corrente do jogo os forasteiros chegam ao golo.

Jogada rápida do ataque do Chicago Fire, com o ex Revolution Cory Gibbs a meter em Diego Chaves este de primeira para Dominic Oduro este a passar por Darrius Barnes e a rematar fora do alcançe de Matt Reis. E na jogada seguinte e na melhor jogada de toda a primeira parte o Revolution podia ter empatado o jogo. Jogada toda ela ao primeiro toque, começou no defesa Franco Coria,a meter em Chris Tierny, este a meter para o çentro em Shalrie Joseph, com este a meter mais para a direita do seu ataque me Sainey Nyassi com este a fazer um cruzamento com conta peso e medida e Kenny Manssaly a dizer que sim á bola mas esta sai por cima da barra da baliza de Sean Johnson.

Falta de sorte? Talvez, mas a pouca eficáçia do avançado foi notória durante toda a partida, falta de confiança? ou talvez falta de jogar mais vezes, vou mais por esta ultima, e iamos para o intervalo com a equipa da casa a perder pela margem minima. Era injusto, mas o futebol é memsmo isto, não quero com isto dizer que o Revolution mereçia ir para os baneários a vençer, mas um empate com golos seria o resultado mais çerto.

E na primeira jogada do segundo tempo os comandados de Steve Nicol repoem a justiça no marcador, Pat Phelan ganha uma bola á entrada da area remata forte a bola bate num defesa resalta para Rajko Lekic este remata forte e colocado restabeleçendo o empate a uma bola. E aos 54 minutos de jogo os donos da casa cause davam a volta ao marcador, quando num pontapé de canto o central portugues AJ Soares desviou a bola para a baliza, mas Cory Gibbs em çima do risco desviou para canto.

E aos 73 minutos de jogo o Chicago Fire podia ter chegado ao segundo golo não fosse o reçem entrado e estreante Ryan Guy mesmo em çima do risco a salvar um golo que pareçia cause çerto. O jogo era de parada e resposta,e os forasteiros não desarmavam, e aos 79 minutos de jogo Dominic Oduro, que foi durante todo o jogo um quebra cabeças para a defensiva do Revolution, poderia ter desempatado o jogo não fosse o veterano guarda redes Matt Reis a fazer uma boa defesa.

E o mesmo Dominic Oduro num remate de longe obriga o guarda redes do Revolution á defesa da noite, e logo de seguida foi a vez de Orr Barouch acabado de entrar a obrigar Matt Reis a nova boa defesa. O Chicago Fire não estava satisfeito com um ponto e procurava a todo o custo levar na bagagem os trez pontos, e Gabriel Ferrari acabadinho de entrar remata forte e colocado para exçelente defesa para canto de Matt Reis.

Já nos descontos o defesa Darrius Barnes redimi-se do erro que cometeu no primeiro golo,e mesmo em çima do risco desvia para canto um remate de Dominic Oduro, já com Matt Reis batido,o que poderia ter sido o golo da vitória do Chicago Fire. E logo de seguida veio o apito final do juiz da partida, com um resultado çerto mas por numeros muito reduzidos, porque foram tantas as oportunidades que se o resultado tivesse chegado aos 4-4 fosse um resultado condizento com o que se passou durante os 96 minutos de jogo.

Foi talvez o melhor jogo de toda a época do Revolution, gostamos de Sainey Nyassi, que voltou á titularidade, mas Matt Reis foi o melhor em campo. Nos visitantes Cory Gibbs o ex Revolution esteve muito bem na defesa, mas Dominic Oduro foi sem duvida o melhor unidade dos visitantes.

No fim do jogo Steve Nicol voltou a lemantar a falta de sorte da sua equipa, com tantas oportunidades do golo desperdiçadas, mas disse que vais continuar a trabalhar para tentar dar a volta a estes maus resultados. Numa semana e em dois jogo em casa o Revolution não conseguiu mais do que dois empates muito pouco para uma equipa que tem aspirações a chegar aos playoffs. Por sua vez o treinador do Chicago Fire Frank Klopas disse que é sempre bom pontuar fora de portas, mas que nos doi proximos dois jogos em casa terão forçosamente que conquistar os seis pontos em disputa.

O Revolution no próximo domingo pelas 4 horas da tarde vai até Seatle para defrontar o Seatle Sounders e poderá ver este jogo no canal de televisão Comcast Soccer Net.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: