RevsNet

From the halls of Foxboro Stadium…

Marcar Cedo Foi o Segredo

Posted by tonybiscaia on March 27, 2012

By Walter Silva
Na estreia em casa frente aos seus adeptos, o Revolution rubricou uma boa exibição, e o segredo foi marcar muito çedo. E foi logo no primeiro minuto de jogo que a equipa da casa chegou ao golo, boa jogada pelo lada esquerdo como atacava o Revolution, com Lee Nguyen a meter em Chris Tierny, com este a cruzar con conta peso e medida e o ponta de lança Saer Sene a saltar mais alto do que toda a defensiva contrária para cabeçear para o fundo da baliza á guarda de Troy Perkins.

Lee Nguyen shoots

Estava feito primeiro golo do jogo, e ainda iamos no primeiro minuto da partida, era um bom tonico para a equipa comandada por Jay Heaps que vinha de duas derrotas consecutivas.

Mas ainda havia muito jogo para se jogar, e o Portland Timbers não vinha de tão longe para façilitar a vida aos donos da casa. E durante os primeiros 45 minutos foi um jogo muito interessante de seguir, com as duas equipas a praticaram bom futebol.

E aos 7 minutos de jogo foi a vez de Lee Nguyen aparecer isolado na cara de Troy Perkins, com este a rematar ao lado, a prtir desta jogada o jogo foi mais jogada no meio campo de ambas as equipas. Foi preçiso esperar pelo minuto 25 para a equipa visitante criar uma oportunidade de golo, com Kalif Alhansan passar por Kevin Alston e cruzar para o coração da area e ai a apareçer o ponta da lança Kris Boyd,e na cara de Matt Reis fez o impossivel, rematou ao lado.

Logo de seguida Darlington Nagbe com um remate de meia distançia testou a atenção de Matt Reis, na resposta foi o médio direito do Revolution Ryan Guy, a rematar forte mas á figura de Troy Perkins.

E chegariamos ao intervalo com a equipa da casa na frente do marcador, e com justica diga-se de passagem, foi o Revolution que mais posse de bola teve, mas a equipa forasteira tambem deu muito boa conta de si, mas não criando muitas dificuldades ao ultimo reduto da equipa da casa.

No iniçio do segundo tempo o melhor jogador em campo podia ter aumentado o marcado, Lee Nguyen obrigou Troy Perkins a uma boa defesa para canto.

Para o resto do jogo, foi repartido com as duas equipas a criaram algumas oportunidades de golo, do lado do Revolution foi pouca a eficaçia dos seus avançados, que nunca conseguiram fazer o segundo golo e dar tranqualidade a sua equipa. Do outro foi o ponta de lança Kris Boyd que foi muito perdulário, teve trez oportunidades de poder empatar a partida, mas nunca teve a pontaria afinada, é um jogador com pouca qualidade técnica, quanto ao seu colega Franck Songo’o que entrou por volta dos 60 minutos de jogo é bem melhor, mas já entrou na altura que toda a equipa estava no pior momento do jogo.

No Revolution, Lee Nguyen foi o melhor, tem bons pés e com uma boa visão de jogo, mas a equipa valeu pelo seu todo, não fizeram uma grande exibição, mas fizeram a sua obrigação de vençer o jogo no seu reduto.

No proximo Sabado pelos 11 horas da noite o Revolution defronta o LA Galaxy, e poderá ver este jogo no canal de televisão Comcast Soccer Net.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: