RevsNet

From the halls of Foxboro Stadium…

Jogar Só 30 Minutos Não Dá

Posted by tonybiscaia on May 1, 2012

By Walter Silva

Foi o que oconteçeu neste jogo, o Revolution só consegui jogar a ultima meia hora, muito pouco para uma equipa chegar á vitória.

Começou melhor a equipa da casa, que chegou ao golo eram decorridos apenas 7 minutos de jogo, Connor Lade meteu a bola para a area do Revolution, com o veterano frances Tierry Henry a rematar a contar.

Estava feito o primeiro e unico golo da partida, mas o Revolution pouco ou nada fazia para inverter o rumo aos aconteçimentos, e só capitao Shalrie Joseph ia remando contra a maré.

E por volta dos 11 minutos o Red Bulls podia ter elevado a contagem com Kenny Cooper a rematar e Matt Reis defendeu para canto, no minuto seguinte foi a vez de Dax McCarty rematar ao poste já com o guarda redes do Revolution batido.

As aos 25 minutos este jogo de futebol ficou mais pobre com a saida do veterano frances Thierry Henry com uma lesão muscular, e quando digo que o jogo ficou mais pobre é porque jogadores como este não abundam pelo MLS.

Joga e faz jogar, sabe fazer as diagonais como um ponta de lança deve fazer para não cair constantemente nos foras de jogo, mesmo já com os seus trinta e tais ainda dá muito que fazer ás defensivas contrárias.

Para o seu lugar entrou o jovem Victor Palsson, que nunca fez esqueçer o frances, muito trapalhão, e pouco lesto a chegar á bola. Com este resultado chegariamos ao intervalo, resultado lisonjeiro para a equipa visitante, que muito bem podia ir para o intrvalo a perder por 2 ou 3.

No segundo tempo e com a entrada de Benny Feilhaber para o lugar do jovem Kelyn Rowe, o Revolution esteve muito melhor, mas foi só na parte final do jogo que os visitants criaram algumas oportunidades de golo.

E foi tambem com a entrada do brasileiro que Lee Nguyen começou a apareçer, e foi este que teve o melhor remate que obrigou o guarda redes do Red Bulls á defesa da noite.

Vitória çerta da equipa da casa, foi em cause todo o jogo a melhor equipa, mas perdeu muito com a saida do frances Thiery Henry, que faz falta a qualquer equipa do MLS, mas mesmo assim fez o que lhe competia vençer no seu reduto.

Foi tarde demais que o Revolution acordou para o jogo, mas foi o castigo que o treinador do Revolution Jay Heaps pagou por ter deixaido no banco um dos seus mais criativos jogadores Benny Feihaber.

Foi com a entrado do brasileiro que o Revolution começou a sacudir a pressão que a equipa da casa exerçeu durante toda a primeira metade do jogo.

Esta semana o Revolution vai ter dois testes bastantes difiçies, na quarta feira reçebe em casa o Colorado Rapids e no sabado vai até Salt Lake City defrontar o Real Salt Lake, os dois jogos poderão ser vistos no canal de televisão Comcast Soccer Net ás 8 e 9 horas respetivamento.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: